Encerramento temporário da circulação ferroviária no troço da Linha do Douro entre Caíde e Marco de Canaveses

2018-11-05

A Infraestruturas de Portugal informa que, tal como previsto no planeamento da empreitada, a partir do próximo dia 26 de novembro (inclusive), o troço entre Caíde e Marco de Canavezes da Linha do Douro estará encerrado à circulação ferroviária.

A implementação deste condicionamento torna-se imprescindível de modo a permitir a execução da segunda fase da empreitada de Eletrificação e Renovação Integral deste troço, iniciada a 27 de julho deste ano.
A nova fase dos trabalhos incidirá especialmente na beneficiação, reforço estrutural, impermeabilização e rebaixamento da via para colocação de catenária nos Túneis de Caíde, de Gaviara e de Campainha.

A opção pelo encerramento à circulação, definida e programada em estreita colaboração com os operadores ferroviários, autarquias e associações de utentes, assegura importantes ganhos em termos do prazo de execução da empreitada, antecipando a conclusão da obra em cerca de 5 meses, e poupanças ao nível financeiro, com uma redução de custos de cerca de 40%.

Por forma a minimizar os impactos negativos decorrentes deste constrangimento, e durante todo o período de interrupção do serviço ferroviário, serão disponibilizados, aos clientes da CP, transportes rodoviários alternativos, entre Caíde e Marco de Canaveses, em complemento à circulação de comboios que se efetuará nos percursos entre Porto e Caíde e Marco de Canaveses e Pocinho.

Ferrovia 2020 - Modernização da Linha do Douro

Trabalhos de Conclusão da Eletrificação e Renovação Integral de Via no troço Caíde - Marco de Canaveses

A empreitada de conclusão da Eletrificação e Renovação Integral de Via (RIV) do troço da Linha do Douro entre Caíde e Marco de Canaveses foi consignada no dia 27 de julho de 2018.

Esta empreitada representa um investimento de cerca de 10 milhões de euros, e envolve, entre outros, os seguintes trabalhos:

  • Conclusão da Eletrificação
  • Intervenção nos Túneis de Caíde, Gaviara e Campainha: beneficiação, reforço estrutural, impermeabilização e rebaixamento para colocação da catenária
  • Renovação Integral da superestrutura da via (carril, travessas e balastro)
  • Prolongamento das plataformas de passageiros nos Apeadeiros de Oliveira e Recesinhos e reposicionamento da plataforma na Estação de Livração

A empreitada que está a ser executada no troço com cerca 14,4 quilómetros de extensão, entre Caíde – Marco de Canaveses, integra o projeto de modernização da Linha do Douro, numa extensão total de 58 quilómetros entre Caíde e Régua, que a Infraestruturas de Portugal está a desenvolver no âmbito do plano de investimentos na Rede Ferroviária Nacional – Ferrovia 2020.

A concretização destes investimentos visa dotar a Linha do Douro de um nível de serviço superior, com melhores níveis de segurança, eficiência e competitividade do sistema ferroviário.

A presente ação integra a candidatura submetida no âmbito do COMPETE 2020, com a designação “Linha do Douro - Modernização do troço Caíde - Marco”, referente à qual se prevê um financiamento comunitário de 85%.

Cofinanciamento