Plano de Emergência do Túnel do Marão garantiu eficácia no socorro

2017-06-12

No dia 11 de junho, pelas 20H30, um autocarro de passageiros, da empresa RodoNorte, com cerca de 20 ocupantes, incendiou-se por completo na galeria Sul do Túnel do Marão (sentido Amarante / vila Real), cerca de 2 quilómetros após ter entrado no túnel, nas imediações do quilómetro 75. O incêndio foi provocado por avaria mecânica e a utilização dos extintores por parte do motorista do autocarro não se mostrou eficaz.

Importa salientar que todos os passageiros do autocarro foram retirados em segurança, não havendo a registar qualquer vítima e que do incêndio apenas resultaram danos materiais, com a destruição completa do autocarro e estragos na infraestrutura, essencialmente ao nível do pavimento e dos equipamentos ativos de segurança instalados no Túnel.

Foi prontamente ativado e cumpridos os procedimentos estabelecidos no Plano de Emergência, seguindo a seguinte cronologia:

  • 20H29 - Alerta de fumo pelo sistema de deteção automática de incidentes;
  • 20H31 - Alerta do sistema de opacidade do ar, indicando perda de visibilidade;
  • 20H33 - Encerramento da Galeria Sul; Desencadeado Plano Automático de Sinalização Eletrónica de fecho do túnel;
  • 20H33 – Alarme de Incêndio, pelo sistema de “fibrolaser”;
  • 20H34 – Entrada em funcionamento do sistema de ventilação forçada para desenfumagem;
  • 20H35 – Alerta do Centro Controlo Tráfego da Infraestruturas de Portugal para o CDOS Porto;
  • 20H35 – 1.ª viatura de assistência IP (UMIA) acede ao Túnel Sul;
  • 20H36 – 2.º viatura de assistência UMIA acede ao Túnel Sul;
  • 20H55 – Entrada no Túnel Sul do 1.º veículo dos Bombeiros de Amarante;
  • 22H00 – Extinção total e rescaldo

Refira-se que a ventilação funcionou normalmente, facto bem visível quando o fumo começou a envolver a paisagem junto ao emboquilhamento do Túnel e que consistiu somente na expulsão massiva do fumo que se gerou com o incêndio.

A circulação no sentido Vila Real – Amarante está já restabelecida desde as 6h30 desta manhã e o trânsito no sentido Amarante – Vila Real será normalizado quando estiverem garantidas todas as condições de segurança.

Às 6H30 de hoje, após verificação do bom funcionamento de todos os sistemas de segurança e da disponibilidade das vias iniciou-se o procedimento de reabertura da Galeria Norte (sentido Vila Real – Amarante). 

A Infraestruturas de Portugal está a desenvolver todos os esforços no sentido de proceder com a maior brevidade possível à reposição da circulação no sentido Amarante – Vila Real.

Estão a ser avaliados os danos existentes na superestrutura, em conjunto com  projetista e empresa construtora do túnel. Numa primeira análise os danos são superficiais, obrigam no entanto, à execução da reparação das superfícies de betão.

Existem danos consideráveis no pavimento numa extensão de 100 metros decorrendo já os respetivos trabalhos de pavimentação.

Irá proceder-se à limpeza do Túnel e dos equipamentos existentes ao longo de uma extensão de cerca de quatro quilómetros. Será uma operação demorada que se iniciará amanhã dia 13 de junho.

Foram identificados danos relevantes nos equipamentos e sistemas de segurança, iluminação e comunicações que obrigam a mais demoradas intervenções de reparação, aprovisionamento e substituição de componentes.

Após a concretização deste vasto conjunto de intervenções, serão efetuadas as competentes vistorias por parte do IMT e LNEC e, garantidas que estejam todas as condições de segurança, será autorizada a reabertura da Galeria Sul ao tráfego.